8 Mitos e verdades sobre os benefícios do chá para a saúde

Quem nunca desfrutou de uma xícara de chá quentinho em um dia frio ou quando estava resfriado? Essa tradição atravessou os séculos e, ainda nos dias de hoje, o chá continua sendo associado à promoção da saúde e ao bem-estar, além, é claro, dos inúmeros benefícios do chá na sua rotina. Mesmo com isso, existem muitos mitos e verdades que permeiam esse universo.

Presente na vida de milhares de pessoas ao redor do mundo, as infusões de ervas oferecem diversas propriedades terapêuticas – como a linha de Autocuidade Feminino da Leão – e funcionais que podem atuar como estimulantes, diuréticos, digestivos, anti-inflamatórios, calmantes, entre muitas outras vantagens.

Conversamos com Rodrigo Moreira, nutricionista parceiro da Leão, que nos trouxe algumas informações valiosas sobre o consumo de chás e desvendou alguns mitos e verdades que envolvem essa prática.

Mitos e Verdades: desmistificando o consumo do chá

mitos e verdades sobre a hidratação com os chás gelados

O chá ajuda na hidratação do corpo?

É verdade que o chá ajuda a hidratar o corpo, já que, por ser uma bebida à base de água, o chá contribui para a hidratação e melhora a qualidade de vida.

Vale ressaltar que algumas infusões podem ter efeitos diuréticos, o que significa que é necessário repor o líquido perdido, portanto, beber chá é sempre uma ótima escolha! Nos dias quentes, uma opção ideal para ajudar na hidratação são os chás de preparo em água gelada da Leão.

É recomendável adicionar açúcar nas infusões?

Aqui está uma verdade importante: não é recomendável adicionar açúcar nas infusões. A presença do açúcar pode interferir no sabor e nas propriedades das ervas.

Para aqueles que preferem chás mais doces, é indicado procurar opções naturalmente adocicadas, como aquelas que utilizam estévia. Por exemplo, os Chás Leão são naturalmente adoçados com folhas de estévia, garantindo sabor e uma bebida saudável para todos.

Grávidas podem beber chá? E bebês?

Entre os mitos e verdades que cercam o mundo do chá, muitos acreditam que grávidas não podem adicionar a bebida em suas rotinas. Ao contrário do mito comum, grávidas não estão proibidas de tomar chá. No entanto, é recomendado que limitem o consumo a duas xícaras por dia durante a gravidez.

Quanto aos bebês, a Leão possui a linha Leãozinho, que oferece opções adequadas para a criançada a partir dos seis meses. Isso porque, nessa fase, é possível iniciar hábitos saudáveis desde cedo.

cha-leaozinho

Contudo, é importante lembrar que antes dessa idade, a alimentação deve ser composta exclusivamente de leite materno ou fórmula infantil recomendada pelo pediatra.

Os chás funcionam como substitutos para tratamentos médicos?

Um mito que deve ser desfeito é o de que chás podem substituir tratamentos médicos. Embora algumas infusões possuam propriedades farmacológicas, elas devem ser vistas como um complemento a um estilo de vida saudável.

Jamais se deve fazer a substituição por conta própria. O tratamento para qualquer doença deve sempre ser prescrito por um profissional da área de saúde.

O chá é equivalente ao café?

Ao contrário do que muitos pensam, chá e café não são equivalentes quando se trata de cafeína. Enquanto uma xícara comum de café pode conter de 80 a 115 miligramas de cafeína, o chá oferece apenas metade dessa dose, cerca de 40 miligramas.

Se a cafeína causa ansiedade em algumas pessoas, o chá pode ser uma opção confortável e suficiente para quem deseja consumir essa substância de forma mais moderada.

O chá melhora a qualidade do sono?

chá de camomila

Outra verdade sobre o chá é que algumas variedades, como o de camomila e erva-cidreira, possuem propriedades calmantes que podem auxiliar no relaxamento do corpo e, consequentemente, melhorar a qualidade do sono – como o chá Relaxa da linha funcional. Essas infusões são ótimas aliadas para momentos de tranquilidade e descanso.

Chá em excesso faz mal?

Dentre os mitos e verdades, uma verdade é que o consumo de chá em excesso pode sim fazer mal. Assim como qualquer coisa na vida, o consumo de chás deve ser feito com moderação. Quando consumidas em quantidades adequadas, as ervas e infusões são seguras e benéficas para a saúde.

No entanto, o consumo excessivo pode interferir em diversos processos metabólicos do corpo, o que torna importante apreciar o chá de forma equilibrada e consciente.

Chá vicia?

Ao contrário do que se pode pensar, o chá não é uma bebida viciante. É verdade que algumas infusões podem conter cafeína, mas quando consumido com moderação, o chá é um grande aliado ao bem-estar e não causa dependência. Além disso, muitas infusões possuem propriedades além da cafeína, que atuam em diversas áreas do corpo, proporcionando inúmeros benefícios à saúde.

chá matte

Um exemplo disso é o chá de Mate, conhecido por seus efeitos termogênicos que aceleram o metabolismo e auxiliam na queima de gorduras, além de atuar como um potente agente no combate ao colesterol e aos radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento precoce.

A importância de aprender mais sobre chás com seus mitos e verdades

Como podemos ver, os chás oferecem uma infinidade de benefícios à saúde, mas ainda há muito a ser aprendido sobre eles. Então, que tal pegar uma xícara de chá, relaxar e aproveitar para conhecer mais sobre as diferentes variedades e suas propriedadescom a Leão, a partir de seus mitos e verdades? Aprender sobre o poder das ervas é uma oportunidade para se conectar com a natureza e, ao mesmo tempo, cuidar do corpo e da mente.

Portanto, explore o mundo dos chás e descubra novas formas de promover o seu bem-estar e qualidade de vida. E lembre-se sempre de consultar um profissional de saúde para orientações personalizadas e adequadas ao seu caso específico, além de experimentar as delícias da Leão.

Comentários

Você também poderá gostar...

Fale com a gente!

Pesquisar no site:

Pular para o conteúdo